JORGE MACIEL


O Luverdense venceu o Náutico jogando em casa tinha a única motivação: se despedir da Série B com uma vitória para o clube que tanto sofreu na competição e pagou pelo mau planejamento da temporada 2017. E isso foi feito: O Luverdense foi bem melhor durante toda a partida e venceu o duelo por 3 a 0. 

Desde o apito inicial, o Luverdense foi para cima do Náutico e parecia desejar a vitória muito mais do que os alvirrubros. Foi assim que aos sete minutos o placar foi aberto. Moacir deixou Alfredo em boa posição e o centroavante cruzou para o meio da área onde Douglas Baggio empurrou para o fundo das redes. Vantagem que não foi ampliada porque Alfredo e Rafael Silva desperdiçaram chances claras.

Além de tentar passar a lanterna para o ABC, o Náutico também usou a partida para dar chances a alguns atletas que pouco jogaram nesta Série B. O goleiro Bruno foi o que se saiu melhor e evitou o que seria uma goleada dos donos da casa ainda no primeiro tempo. Outros como Leilson, Gerônimo e Léo Carioca não foram tão bem e desperdiçaram a chance de mostrar que podem ser considerados boas opções para 2018. Ou talvez os atletas não estivessem tão interessados na partida. 

Segundo tempo

O Náutico voltou um pouco mais motivado e poderia ao menos ter empatado o duelo, mas Gerônimo, que teve as principais chances, jogou elas para longe. O Luverdense permitiu o avanço alvirrubro, mas não deixou de atacar e Henrique Ávila salvou em cima da linha. Tanto esforço foi recompensado aos 25 minutos. Paulinho cobrou falta com perfeição e ampliou o placar. Para finalizar a conta, Baggio fez mais um aos 35, quando Bruno deu rebote da finalização de Eduardo nos seus pés e sem proteção ao gol. 

Com a derrota, o Náutico terminou a Série B na última posição e repetiu o que fez quando foi rebaixado da Série A para a B em 2013, quando terminou na última colocação. O momento agora nos Aflitos é de se reestruturar e se preparar para o início da pré-temporada, que deve ser iniciada entre os dia 11 e 18 de dezembro. 

Ficha do Jogo

Luverdense 3

Diogo Silva (Gabriel Leite, aos 36’ do 2ºT); Aderlan, Neguete, Guly e Paulinho; Kazú, Alaor e Moacir; Rafael Silva (Cléo Silva, aos 19’ do 2ºT), Douglas Baggio e Alfredo (Eduardo, aos 12’ do 2ºT). Técnico: Odil Soares.

Náutico 0

Bruno; David, Rafael Ribeiro (Cal Rodrigues, no intervalo), Léo Carioca e Manoel (William Schuster, aos 22’ do 2ºT); Amaral, Renan Paulino e Jobson; Leilson, Henrique Ávila e Gerônimo (Joazi, aos 13’ do 2ºT). Técnico: Levi Gomes. 

Local: Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT)

Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)

Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa e Marcio Freire Lopes (ambos da PB)

Gols: Douglas Baggio (7’ do 1ºT e 34’ do 2ºT) e Paulinho (aos 25’ do 2ºT) (L)

Cartões amarelos: Guly e Douglas Baggio (L); Jobson (N)

Público: 512 

Renda: R$ 2.920,00

Fonte: Redação