ORLANDO ANTUNES

                  O Luverdense está de volta à série C do campeonato brasileiro, fruto do empate em 0 x 0 com o Guarani em Campinas. Com o resultado o time chegou aos 41 pontos e mesmo que vença o Náutico na última rodada, chegando aos 44 pontos, fica de fora pelo número de vitórias. O Guarani , que já está com 44 pontos , ainda joga contra o Internacional da última rodada.

Mesmo com bola na trave do adversário e com um certo domínio, o time foi vencido pelo nervosismo, tendo dois jogadores expulsos. Érick que entrou no segundo tempo e agrediu um jogador do Guarani com uma cabeçada e Marcos Aurélio por ter xingado o árbitro ao reclamar um pênalti não marcado.

Na verdade, a queda se deve também a diretoria (Helmute), pela teimosia em manter o treinador Júnior Rocha , quando o time fez um péssimo segundo turno. Agora, o Luverdense vai se juntar ao Cuiabá no ano de 2018.

Guarani – Leandro Santos, Lenon, Diego Jussani, Wilian Rocha e Salomão; Betinho, Baraka, Bruno Nazário e Fumagalli (Luiz Fernando); Richarlyson (Paulinho) e Bruno Mendes.

Luverdense – Diogo Silva, Aderlan, Pablo, Willian e Paulinho; Guly (Ricardo), Douglas Baggio (Léo Cereja) e Marcos Aurélio; Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Sérgio Mota.

O Luverdense está de volta à série C do campeonato brasileiro, fruto do empate em 0 x 0 com o Guarani em Campinas. Com o resultado o time chegou aos 41 pontos e mesmo que vença o Náutico na última rodada, chegando aos 44 pontos, fica de fora pelo número de vitórias. O Guarani , que já está com 44 pontos , ainda joga contra o Internacional da última rodada.

 

Mesmo com bola na trave do adversário e com um certo domínio, o time foi vencido pelo nervosismo, tendo dois jogadores expulsos. Érick que entrou no segundo tempo e agrediu um jogador do Guarani com uma cabeçada e Marcos Aurélio por ter xingado o árbitro ao reclamar um pênalti não marcado.

Na verdade, a queda se deve também a diretoria (Helmute), pela teimosia em manter o treinador Júnior Rocha , quando o time fez um péssimo segundo turno. Agora, o Luverdense vai se juntar ao Cuiabá no ano de 2018.

Guarani – Leandro Santos, Lenon, Diego Jussani, Wilian Rocha e Salomão; Betinho, Baraka, Bruno Nazário e Fumagalli (Luiz Fernando); Richarlyson (Paulinho) e Bruno Mendes.

Luverdense – Diogo Silva, Aderlan, Pablo, Willian e Paulinho; Guly (Ricardo), Douglas Baggio (Léo Cereja) e Marcos Aurélio; Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Sérgio Mota.

   

Fonte: Redação