CRB saiu na frente, abriu vantagem de dois gols, mas  o Luverdense buscou o empate em 2 a 2 neste sábado à tarde, no estádio Rei Pelé, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado foi justo, porque cada time mandou em campo num tempo de jogo.

O time alagoano confirmou sua boa performance dentro de casa ao completar seis jogos sem perder, com dois empates e quatro vitórias. Aparece com 29 pontos, em 11.º lugar.

O Luverdense, que vinha de vitória magra por 1 a 0 sobre o Juventude, passou a ter 24 pontos, finalmente deixando a zona de rebaixamento. É o 16.º colocado, na frente agora do Santa Cruz, em 17.º, com 23.

GOL RELAMPAGO
Não deu nem tempo do relógio dar a primeira volta e o CRB largou na frente. Gabriel passou foi acuado na lateral e tentou fazer o passe para o meio, mas entregou no pé de Danilo Pires que  ligou Neto

Na frente da área ele bateu mascado, mas acertou o canto direito do goleiro Digo Silva. Isso aos 38 segundos, gol mais rápido da Série B nesta temporada.

O time alagoano continuou melhor e criou outras chances para ampliar com Chico e Danilo Pires. Mas foi o atacante Neto Baiano que balançou as redes pela segunda vez aos 32 minutos.

Após o levantamento de Edson Ratinho no segundo pau, Baiano subiu atrás do zagueiro e tocou de cabeça por cima de Diogo Silva.

SEM ZÉ CARLOS
Sétimo gol de Neto Baiano pela Série B. Uma boa notícia para a torcida, que vai ficar sem o atacante Zé Carlos por nove jogos. Ele foi punido pelo STJD pela briga, de tapas e socos, com Bill, do América-MG. Ambos foram suspensos em seção na sexta-feira no Rio de Janeiro.

Mas o visitante diminuiu aos 38 minutos, quando marcos Aurélio cobrou falta na intermediária com efeito. O zagueiro William subiu bem e desviou a trajetória da bola, que entrou no canto esquerdo de Edson Kölln. Este gol deu ânimo ao Luverdense para voltar no segundo tempo e buscar, pelo menos, o empate.

 

William desviou de cabeça e marcou o primeiro gol do LEC que deixou a degola.Foto: Heitor Leonardo – LEC

CHUVA E SÓ DÁ LEC
O reinício aconteceu debaixo de chuva. E também com uma nova postura do time de Mato Grosso. O técnico Júnior Rocha posicionou seu time mais à frente, marcou bem as laterais e neutralizou os possíveis contra-ataques do CRB. A partir daí só teve um time em campo: o Luverdense.

Mas para mudar o placar seria precisar balançar as redes. Tentou várias vezes de longe, mas parou nas mãos do goleiro Edson Köll. De tanto insistir, empatou aos 35 minutos. Após escanteio, Rafael Silva apareceu no primeiro pau e desviou de cabeça. O placar ficou bem justo, mas não impediu as vaias da torcida que foi para casa frustrada pelo CRB não ter vencido.

VOLTAM NO SÁBADO
Os dois times voltam a campo somente no outro sábado, dia 26. O CRB vai até Recife para enfrentar o Santa Cruz, a partir das 16h30, enquanto o Luverdense vai receber o Londrina, às 19 horas, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde .

 

Fonte: Redação