AFI

 Com mais de 56 mil torcedores lotando o Morumbi, em novo recordo de público do Campeonato Brasileiro, o São Paulo conquistou vitória emocionante por 3 a 2 sobre o Cruzeiro pela 20ª rodada e deixou, pelo menos momentaneamente, a zona do rebaixamento.

O resultado levou o time paulista à 16ª posição com 22 pontos, ultrapassando a Chapecoense, que folga na rodada e tem a mesma pontuação, mas um saldo de gols inferior.

O Cruzeiro, com 27 pontos, é o sétimo colocado e perdeu a oportunidade de entrar no G6na rodada.

TRICOLOR SAI NA FRENTE
O Cruzeiro começou melhor e por pouco não saiu na frente. Aos 11 minutos, Sassá foi lançado em velocidade e derrubado pelo goleiro Renan Ribeiro. O próprio Sassá se apresentou para a cobrança do pênalti, mas acertou a trave.

Aos poucos, o São Paulo melhorou na partida, mas só conseguiu abrir o placar no último lance da primeira etapa, em grande cobrança de falta de Hernanes, que acertou o ângulo direito de Rafael.

DUAS VIRADAS
A resposta do Cruzeiro veio logo no início do segundo tempo. Com apenas cinco minutos de bola rolando, Bryan cobrou falta da esquerda e Sassá completou de voleio, com muito estilo. Renan Ribeiro ainda chegou a tocar na bola, mas ela morreu no fundo do gol.

A reação cruzeirense não parou por aí. Seis minutos mais tarde o mesmo Sassá ganhou de Rodrigo Caio na força e na velocidade e tocou na saída do goleiro para virar o jogo.

Mas o São Paulo voltou a marcar aos 25 minutos. Hernanes cobrou escanteio na cabeça de Arboleda, que completou para o gol e empatou a partida novamente.

Para virar a partida, aos 36 minutos, Gilberto sofreu carga de Ezequiel na área em lance duvidoso, mas o árbitro Rafael Traci marcou pênalti. Hernanes cobrou com categoria e garantiu a importante vitória.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 21ª rodada do Brasileirão. O São Paulo visita o Avaí na Ressacada, em Florianópolis, enquanto o Cruzeiro recebe o Sport no Mineirão, em Belo Horizonte.

Fonte: Redação