ORLANDO ANTUNES


Quando cheguei em Cuiabá, era janeiro de 1977. Vim à convite de Carlos Orione , que na época era interventor da FMD. O propósito era apitar futebol , quando o Mato Grosso ainda era único. De quando em vez , ministrar alguns cursos , como foi em Corumbá, Dourados e Cuiabá.

Ao chegar em Cuiabá, mais precisamente no Estádio Presidente Dutra (ali funcionava a FMD), fui abordado por um jornalista que se dizia correspondente da Revista Placar e ainda do Diário de Cuiabá. Era Samuel Levy. Depois de alguma conversa, ele chamou um fotógrafo e clicou. No outro dia, na página de esportes do Diário, estava lá uma linda matéria de boas vindas ( meia página).

Destas coisas a gente não esquece. Infelizmente me lembrei disso hoje, ao saber de sua morte. Samuel Levy não só me ajudou , como ajudou muita gente e sempre foi um jornalista absolutamente verdadeiro e correto. Abraços à família e muito obrigado Samuca.

Fonte: Redação