Enfim, o Internacional parece estar entrando no caminho certo de sua caminhada na Série B do Campeonato Brasileiro. Diante de um Beira-Rio lotado nesta terça-feira, o Inter venceu o Goiás com autoridade por 3 a 0, em duelo válido pela 18ª rodada da competição.

Apesar das estreias de Camilo e Leandro Damião, quem abriu o placar foi William Pottker, logo no primeiro minuto do segundo tempo.


Fazendo sua reestreia pelo Inter depois de quatro anos desde que deixou o clube, Damião deixou sua marca aos 15 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti.

A arbitragem ainda deu outro pênalti ao Inter, aos 31 minutos do segundo tempo. Porém, Pottker parou no goleiro Marcelo Rangel na cobrança.

Ainda deu tempo para Carlos fazer o terceiro gol colorado, após receber assistência de Pottker, aos 39 da etapa final.

Com este resultado, o Inter vai aos 30 pontos e sobe para a segunda posição da Série B, seis pontos atrás do América-MG. Já o Goiás cai para 13º com 23 pontos.

O jogo

Os jogadores do Internacional entraram em campo com a hashtag #ForçaAbel na camisa, uma homenagem de apoio ao técnico que foi Campeão do Mundo pelo Colorado e que perdeu o filho no último sábado. Antes do juiz autorizar o início da partida, ocorreu um minuto de silêncio pelo falecimento de João Pedro Braga, filho de Abel. A torcida colorada gritou “Abel, Abel, Abel”, como forma de apoio ao treinador.

O duelo começou bastante movimentado. O Internacional foi quem chegou pela primeira vez. Aos dois minutos de jogo, Pottker foi lançado, como estava impedido não foi na bola, e Leandro Damião correu para alcançar. O atacante, que reestreava com a camisa colorada, invadiu a área e cruzou rasteiro para trás. O volante Edenílson recebeu, de cara para o goleiro, mas chutou muito fraco e Marcelo Rangel defendeu com tranquilidade.

 Em cobrança de falta, aos 18 minutos, o estreante Camilo cruzou para área e Leandro Damião subiu mais alto para cabecear no contrapé do goleiro Marcelo Rangel. Contudo, a bola saiu, passando perto da trave. Sempre buscando o lado direito de ataque com o jogador William Pottker, o Internacional quase abriu o marcador aos 29 minutos. Em lançamento para o atacante, o camisa 99 invadiu a área e chutou rasteiro cruzado, mas a bola não entrou.

A estratégia do técnico Argel Fucks na partida era jogar pelas pontas do campo e buscar o cruzamento para a área colorada. Já o Internacional tocava mais, tentando valorizar a posse de bola e encontrar espaços para realizar lançamentos, principalmente pelo lado direito com o atacante Pottker e o lateral Claudio Winck.

Aos 34 minutos, Alex Alves cometeu uma falta dura em William Pottker na entrada da área. O zagueiro recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca o time esmeraldino na próxima partida. Na cobrança, o meia Camilo chutou em cima da barreira, na sobra, a zaga do Goiás afastou o perigo. O time visitante exagerava nas faltas cometidas perto da área. Aos 38 minutos, Claudio Winck cruzou, a bola desviou em Damião e Pottker chutou forte para balançar a rede, mas o auxiliar assinalou, corretamente, a posição de impedimento do atacante colorado.

Só dava Inter. Um minuto depois, o time da casa cobrou lateral rápido e pegou a zaga do Goiás desatenta. Pottker recebeu já na área e cruzou rasteiro pela Eduardo Sasha. O atacante pegou mal na bola e o goleiro Marcelo Rangel conseguiu espalmar para fora.

Segundo tempo

Os times voltaram do vestiário para o segundo tempo com as mesmas escalações do final da primeira etapa. Com menos de um minuto, o Inter abriu o placar no Beira-Rio. Após cruzamento de Camilo para área, o atacante Leandro Damião finalizou e Marcelo Rangel espalmou para frente. No rebote, Pottker cabeceou para o fundo do gol.

Aos 12 minutos, depois de cruzamento para a área, Eduardo Sasha cabeceou e a bola bateu no braço de Carlinhos. O árbitro assinalou o pênalti e amarelou o lateral-esquerdo, que desfalca o Goiás na próxima rodada. Na cobrança da penalidade máxima, Pottker deixou o estreante Leandro Damião bater e fazer o segundo gol do colorado na partida.

A pressão colorada era enorme. Dois minutos depois, em outro ataque, William Pottker bateu cruzado e o goleiro Marcelo Rangel defendeu. No rebote, Claudio Winck desperdiçou a chance de marcar o terceiro. Em outra oportunidade, o zagueiro Carlinhos, do Goiás, ficou com a bola depois de um cruzamento para a área, mas dormiu com ela nos pés. William Pottker facilmente recuperou e chutou à queima-roupa no gol para ótima defesa de Marcelo Rangel.

O atacante Leandro Damião teve duas oportunidades claras de marcar o terceiro gol colorado. Aos 22 minutos, o jogador foi lançado pela esquerda, mas finalizou para fora. Depois, aos 29 da segunda etapa, Damião invadiu pela a área, cruzou e deixou o zagueiro Alex Alves no chão, mas na hora de concluir, chutou em cima do goleiro Marcelo Rangel.

Um minuto depois, Camilo recebeu dentro da área e o meia chutou cruzado. A bola passou muito perto do gol. Aos 32 minutos, William Pottker invadiu a área pelo meio, mas foi derrubado. Outro pênalti para o Inter. O próprio Pottker cobrou e Marcelo Rangel defendeu a cobrança.

O terceiro gol do colorado veio com Carlos. Aos 38 minutos, William Pottker recebeu na esquerda de ataque e, marcado pelo goleiro, tocou para Carlos livre na área. O atacante só teve a missão de chutar para o fundo da rede e assinalar o terceiro fechando a conta.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL 3 X 0 GOIÁS

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 01 de agosto de 2017, terça-feira
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Público: 35.391 (32.808 pagantes)
Renda: R$ 544.445,00
GOLS: Internacional: William Pottker, aos 46 segundos do segundo tempo; Leandro Damião, aos 13 minutos do segundo tempo; Carlos, aos 38 minutos do segundo tempo
CARTÕES AMARELOS: Internacional: Rodrigo Dourado, Felipe Gutiérrez
Goiás: Alex Alves, Pedro Bambu, Carlinhos

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Claudio Winck, Klaus, Victor Cuesta, Uendel; Edenílson, Rodrigo Dourado, Camilo (Diego); William Pottker, Leandro Damião (Carlos) e Eduardo Sasha (Felipe Gutiérrez). Técnico: Guto Ferreira

GOIÁS: Marcelo Rangel; Tony (Saaveda), David Duarte, Alex Alves, Carlinhos; Pedro Bambu, Elyeser, Andrezinho; Carlos Eduardo, Léo Gamalho (Gustavo) e Júnior Viçosa (Michael). Técnico: Argel Fucks

 

Fonte: Redação