JÚNIOR MARTINS

O  Campeonato Mato-grossense de Futebol Americano, que teve início em 15 de abril e segue até 25 de junho, teve o prazo para inscrição de atletas encerrado nessa sexta-feira (214). Somente poderão entrar em campo jogadores oficialmente registrados. E o Cuiabá Arsenal foi quem mais inscreveu atletas e ainda engajou um número expressivo de novatos. Prontos para estrear contra o Luverdense Overwhelming, no fim de semana, domingo (30), às 14h, em Lucas do Rio Verde.

O presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA) e vice-presidente da Federação Mato-grossense de Futebol Americano (FMTFA), Paulo Cesar Machado, diz que a disputa tem regras que estabelecem o limite máximo de 100 jogadores inscritos por time. Segundo ele, Arsenal inscreveu 98 atletas, Sinop Coyotes registrou 52, Sorriso Hornets anotou 61, Rondonópolis Hawks inscreveu 54 e Luverdense Overwhelming com 36. E haverá uma segunda janela de inscrição em 15 de maio.

“Existe uma diferença entre jogador inscrito e escalado. Cada equipe pode inscrever até 100, mas a pura inscrição não garante que seja escalado para algum jogo. Não garante que vá jogar, mas quer dizer que está formalmente apto para isso. Fica à disposição da comissão técnica. O Arsenal, por exemplo, inscreveu 98, mas só vai escalar 50 por partida. É costume inscrever mais para se ter peças de reposição e fazer testes de novatos e estratégias”, comentou o presidente, Paulo Cesar. 

O coordenador do ataque da equipe da capital mato-grossense, Victor Cohen conta que o Arsenal tem um plantel de total 160 jogadores. A comissão técnica avaliou todos e selecionou 98 para atuar no estadual. E, dentre os 98 inscritos, estão 20 novatos. Segundo ele, é tática usar o limite permitido pelas regras para se ter uma “boa gordura para queimar” durante a competição. E que essa será uma oportunidade para os novatos que vierem a ser escalados de ganhar experiência.

“Todos os 20 entraram para o Arsenal na peneira deste ano. Colocamos com o objetivo de lhes proporcionar os primeiros contatos com um jogo de verdade. Para verem a diferença entre treinos e jogos. Saberem como são as viagens, como é chegar em outra cidade com o grupo, tomar café da manhã em turma e sentir o espírito de um dia de jogo. Será uma espécie de batizado. Pode ser que nem todos saiam do banco de reservas, mas os escalados já terão essa iniciação”, diz Cohen.

Para um dos novatos inscritos, João Pedro Abrantes, de 18 anos, 1.75 de altura e 73 kg, estudante do ensino médio e desportista original do ciclismo e basquete, ter sido remanejado do treino dos iniciantes para o dos veteranos e ainda inscrito no estadual foi motivador. Ele conta que ainda não está por dentro de todas as regras e posições em campo, mas tem estudado e treinado como corredor (running back) por orientação da comissão técnica.

“Fui campeão e vice por equipe em algumas competições de ciclismo, mas foi jogando basquete que um amigo me convidou para o futebol americano. Ele achou que eu jogava de forma mais dura e que isso combinava com o futebol americano. Gostei da ideia, fiz a peneira para entrar no Cuiabá Arsenal e estou aqui. Agora subi para o time principal e me senti valorizado. Tenho me dedicado bastante. Vou correr muito para avançar jardas e fazer touchdowns”, disse João Pedro.

Lista de novatos

Áquila dos Santos Rocha Nogueira

Daniel Lucas Dorileo Freitas Rondon

Eduardo Rafael Oliani Santos

Felipe Lourenço de Andrade

Hitchelly Augusto Rodrigues Betzel Luz

Jefferson Soares dos Santos

João Pedro Abrantes dos Santos

João Pedro de Oliveira

Jonas Mateus da Silva

Jones Teixeira Barbosa

Lucas Augusto Grisolia de Assis

Marcos Rogério de Melo Faneli

Matheus Silva Rodrigues

Paulo Henrique de Oliveira

Paulo Victor dos Santos Carneiro

Raryson Dariva Spindola

Reuben Mees Mattos

Roberto Cesar Gomes

Thiago Mota Soares

Vitor Schimdt Ferreira

Fonte: Redação