ORLANDO ANTUNES


Com o campeonato em sua reta final, cuja fase termina na próxima quarta-feira (29/03) na partida entre Cuiabá x União, cujo resultado não altera a classificação final; analiso aqui aas chances de cada um nas semifinais , considerando todos os aspectos. Dentre eles o mando de campo e a qualidade do plantel de cada um, lembrando uma frase de meu amigo Elba de Pádua Lima (Tim)- com um bom time você ganha partidas, mas com um bom plantel você ganha campeonato.

Luverdense- Fez a sua obrigação em se classificar e aproveitou disso para testar vários reforços ao longo da primeira fase. Repete a campanha do ano passado quando decidiu e ganhou o título contra o Sinop. O fato pode se repetir.

Sinop- Apesar de ser chamada a chave de forte, mas por conta das campanhas pífias de Mixto e CEOV, ficou moleza se classificar. Birigui não aposta muito em novidades e manteve a mesma base do ano passado, exceto a boa contratação de Andrezinho que fez a diferença. Tem credencial para decidir o campeonato de novo.

Cuiabá- A horrorosa partida que fez contra o Dom Bosco, onde tomou 3 gols, não espelham a boa campanha ao longo da competição. Porém, Roberto Fonseca precisa cobrar de seu preparador físico, pois alguns jogadores estão acima do peso e isto ficou claro no segundo tempo no empate em 3 x 3. O time "arriou a mochila " e se complicou. Outro detalhe; o Cleberson Tiarinha não pode ficar no banco. Por estes detalhes o time ficar no meio do caminho.

União- Numa chave fraca, onde apenas o Cuiabá foi adversário, o vermelhinho se classificou com facilidade. mas a derrota de 3 x 0 em casa para o Cuiabá, mostraram a fragilidade do time que tem poucas peças de reposição. Entra nas semifinais como franco atirador e isso pode até ajudar.

Fonte: Redação