ORLANDO ANTUNES /Foto: João Vierira (A Gazeta)


O Mixto goleou o Operário VG por 4 x 0, na despedida de ambos do Campeonato Mato-grossense deste ano, devolvendo a polêmica derrota de 3 x2 na abertura do campeonato, a 29 de fevereiro. A partida fez fundo na rodada dupla em que, na abertura, o Cuiabá e Dom Bosco empataram em 3 a 3. O Dom Bosco também ficou de fora, pela Chave B. 

Tida o como a partida principal da rodada dupla disputada na Arena Pantanal neste domingo, o resultado não alterou  em nada a classificação, uma vez que nenhum dos dois clubes tinham qualquer possibilidade de seguir às quartas-de final. O jogo serviu apenas para a torcida mixtense comemorar o feito, pois o Alvinegro superou o maior rival na pontuação geral, chegando aos oito pontos, enquanto o CEOV ficou com apenas sete.

Aquele que já foi chamado o “Clássico dos milhões”, quando os dois times sempre disputavam o título e atraíram milhares de torcedores, acabou virando um simples amistoso , com escalações desfiguradas e um futebol pobre, e menos de 50 pessoas nas arquibancadas. Menos mal que saíram quatro gols: aos 8 minutos o atacante Muller fez 1 x 0 Mixto, cobrando pênalti. Na sequência o meia Jefinho fez 2 x 0, aos 10 minutos, e assim foi a primeira etapa.

No segundo tempo, o Mixto fez mais dois gols. Pará aumentou para 3 x 0, aos 28 minutos, e Natan fechou a goleada em 4 x 0.

Vale lembrar que os dois times já caíram para a segunda divisão em temporadas passadas. Neste ano, escaparam, pois o Cacerense conseguiu ser pior na chave A. Na chave B o Operário FC foi o pior de todos e também caiu.

Fonte: Redação