ORLANDO ANTUNES

O Clube Esportivo Dom Bosco entrou com pedido no Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Mato Grosso (TJD-MT) para que o União Esporte Clube perca 34 pontos na disputa do atual Campeonato Mato-Grossense.
 
O requerimento, entregue ao tribunal na tarde desta quarta-feira (22), se baseia na suposta escalação irregular dos jogadores Marcos Vieira Calado (BID 164322) (na foto) e Kauan Pereira de Azevedo (BID 410313) durante toda a competição. O documento é assinado pelo presidente do Dom Bosco Adbar Costa Salles e pelos vice-presidentes Paulo Emílio Magalhães e Júlio César Prezza de Arruda.
 
Segundo o Dom Bosco, estes dois jogadores foram punidos pelo TJD em duas partidas no campeonato do ano passado. Porém, cumpriram apenas a suspensão automática e teriam que cumprir mais uma partida. Em sendo assim, se confirmada a irregularidade, o União perderia os pontos e o Dom Bosco ficaria com sua vaga nas semifinais, bem como na série D de 2018.

Fonte: Redação