ORLANDO ANTUNES


O Mixto perdeu a grande chance de escapar do rebaixamento, ao empatar com o Sinop em 2 x 2 na Arena Pantanal. O time começou bem a partida e dava a impressão de que poderia vencer até com facilidade, mesmo porque o Sinop estava desfalcado de Dourado e Valtinho. O atacante Tafarel fez um golaço aos 5 minutos abrindo o placar para o Mixto. Depois disso, Lukinha chegou atrasado num cruzamento de Lucas Franco.

O Sinop empatou o jogo aos 36 minutos com o ala Portela. A jogada foi toda de Cabralzinho que driblou dois zagueiros mixtenses e cruzou na medida para Portela aproveitar.. Aos 42 minutos o ala Lucas pega bem na bola mas Naldo salva o Sinop de levar o segundo gol. O Sinop vira o jogo para 2 x 1 numa pintura de gol do artilheiro Andrezinho aos 46 minutos. Ele recebeu dentro da área do Mixto, driblou os dois zagueiros (Kevin e Kenedy) e chutou no canto de Hailson.

No intervalo, os times mexeram e o jogo continuou bem movimentado. Pelo lado do Mixto a torcida pedia a saída de Bida que era figura decorativa, o mesmo acontecendo com o atacante Pedro Augusto. O nome do alvinegro foi o volante Pará mais uma vez, seguido pelo ala Fabio. No Sinop os nomes foram a dupla de atacante Cabralzinho e Andrezinho e o bom desempenho de Portela.

O Mixto se jogou todo ao ataque com o técnico Toninho Pesso liberando os alas ao ataque. Numa dessas jogadas o ala direito Fábio empatou o jogo aos 25 minutos. Ele desceu pela direita e deu um corte seco no ala Maycon e bateu para o gol. No percurso o zagueiro Marinho ajudou tocando para o fundo das redes. Com o resultado, o Mixto continua na briga contra o rebaixamento e o Sinop pela liderança da chave. O Sinop receberá o Cacerense no Gigante do Norte e o Mixto pega o CEOV na última rodada.

__________________

Ficha Técnica

Local-Arena Pantanal

Horário-15h00

Árbitro- Marcelo Santos

Mixto- Hailson, Fabio, Kevin (Sideny), Kenedy e Lucas Franco; Pará,Natan e Bida (Muller); tafarel (Jefinho),Pedro Augusto e Lukinha. Técnico- Toninho Pesso

Sinop-Naldo, Portela,Tyron, Marinho e Maycon; Wadson (Adriano),Alex e Bagio (Marcos); Andrezinho, Cabralzinho (Jesus) e Jorge Preá. Técnico Marcos Birigui

Fonte: Redação