Mais uma vez com um futebol vistoso e ofensivo, o São Paulo venceu na segunda fase da Copa do Brasil. Jogando no estádio do Café, em Londrina, o time de Rogério Ceni goleou o PSTC por 4 a 2 e está garantido com a vaga. O adversário será o ABC de Natal (RN). Isso porque venceu o Audax nos pênaltis após um empate por 1 a 1 no tempo normal. O jogo desta terceira fase está ainda sem mando de campo definido pela CBF – o certo é que serão dois jogos, com ida e volta.

O grande destaque do confronto no norte do estado do Paraná foi o meia atacante Cícero, que marcou três gols e espantou a 'zika' de balançar as redes. Do outro lado, o PSTC conseguiu mostrar um futebol consistente, mesmo muito abaixo tecnicamente do adversário.

QUE JOGÃO!

Jogo do São Paulo já se tornou sinônimo de emoção. Só no primeiro tempo foram cinco gols, todos em lances que animaram o torcedor no Paraná. Logo com dois minutos de bola rolando, Maicon tentou afastar a bola e acabou dividindo com Santiago. O zagueiro tricolor acabou sentindo no lance, deixou o gramado para ser atendido e no fim não teve condições de permanecer em campo. Breno entrou no seu lugar para atuar ao lado de Rodrigo Caio.

Pressionando desde o começo do jogo, o São Paulo conseguiu um escanteio pela esquerda e Cueva levantou em direção à grande área aos 13 minutos. Rodrigo Caio subiu mais que todo mundo e testou firme no meio do gol. O goleiro Juninho conseguiu espalmar, mas não afastou o perigo. Isso porque ela ficou em cima da linha. Cícero ganhou no corpo da marcação e testou para o fundo das redes.

No minuto seguinte, aos 14, ainda na saída de bola, Carlos Henrique encontrou Lucão em velocidade na ponta esquerda, que ficou frente a frente com Sidão e bateu cruzado, no contrapé do goleiro. O empate recolocou o PSTC no jogo, mas também fez com que o time de Cornélio Procópio recuasse sua linha de marcação, esperando o São Paulo, para tentar surpreender no contra-ataque.

RESPIRA…

Aos poucos o time de Rogério Ceni voltou a tomar as rédeas do confronto e até carimbou a trave com Cueva, mas ela só foi tocar mais uma vez o barbante aos 35 minutos. Cícero conseguiu achar um espaço no “ferrolho” do PSTC e encontrou Lucas Pratto na marca do pênalti. O atacante fez o pivô que espera dele e depois devolveu para o meia livre na pequena área. Ele ajeitou o corpo e bateu no canto esquerdo, sem chance.

Como já era esperado, o São Paulo seguiu propondo jogo mesmo estando à frente do marcador. Foi então que, aos 39 minutos, Breno se arriscou lá na frente, adiantou a bola e acabou derrubado dentro da grande área. Na cobrança, Cueva bateu forte no canto direito, o goleiro Juninho chegou a tocar nela, mas não conseguiu afastar. Novamente no lance seguinte, aos 44, um bate e rebate sobrou nos pés de Carlos Henrique, que bateu bonito e diminuiu para o PSTC.

CALMA LÁ!

Para a segunda etapa o jogo perdeu um pouco da velocidade que se viu no início do jogo. O São Paulo preferiu administrar a vantagem, do que seguir pressionando o adversário e deixar a defesa mais uma vez exposta. Com tranqüilidade, o time de Rogério Ceni passou a tocar a bola até encontrar um espaço na marcação. Foi então que Cícero recebeu na intermediária e arriscou um chute até então sem pretensão. Ela encontrou o canto de Juninho e balançou a rede mais uma vez, aos 26 minutos.

Mas, dessa vez, o PSTC não conseguiu diminuir no lance seguinte. Erick até arriscou de bola da área e ela chegou a trazer perigo para Sidão, mas acabou explodindo na placa de publicidade e o São Paulo seguiu a frente no placar por dois gols de diferença. Com mais segurança na defesa, o tricolor não sofreu mais nenhum grande perigo e também não assustou os paranaenses.

PRÓXIMOS JOGOS

O próximo compromisso do São Paulo é no próximo domingo, quando recebe o Santo André no estádio do Morumbi, pela 7ª rodada do Campeonato Paulista. Precisando vencer e convencer dentro de casa, o time estará em campo às 16 horas. Já o PSTC tem um jogo importante para o andamento do Campeonato Paranaense. Brigando contra o rebaixamento, o time tem um confronto direto com o Foz do Iguaçu, no mesmo dia e horário, pela 6ª rodada

Fonte: Redação