ÉRICA COSTA

Ao final da partida onde o seu time venceu o Cacerense por 2 a 0, no jogo d fundo da Arena Pantanal, neste domingo, o técnico do Operáio-VG,  Eder Taques, disse que continua fazendo contas e que, segundo seus números, a classificação está perfeitamente alcançável . “Falei que precisávamos vencer todas dentro de casa  A primeira já foi e agora vamos buscar os outros resultados” , disse ele.

Com sete pontos, o Operário terá o Luverdense, Sinop e Mixto, uma soma de nove pontos, o que lhe daria 16 no total. O Sinop, o seu foco central, tem dez pontos e ambos têm um confronto direto. Ao menor deslize de Luverdense (este precisa apenas de uma vitória, pois chegou a 13), o Operário pode garantir a vaga.

Fonte: Redação