Da REDAÇÃO

A vitória do Cuiabá sobre o Dom Bosco, que deu ao clube a liderança provisória do Grupo B, não agradou ao técnico Roberto Fonseca, que já declarou ter visto e não gostado. Na verdade, o Dourado esteve aquém das expectativas e, por pouco, não tomou op gol de empate, quando Henal defendeu uma penalidade aos 43 minutos do final.

“Fizemos um primeiro tempo dentro de um controle, tivemos chances e não demos oportunidades ao adversário nem de chutar ao nosso gol. Mas no segundo tempo começamos a errar, recuar em demais e Dom Bosco cresceu”,  observou Fonseca.

_“Podemos avaliar de muitas formas: falta de  ritmo de jogo, estreia, ansiedade, mas  temos uma responsabilidade e deveríamos ter uma evolução na segunda parte”, disse.

Fonseca disse que o Cuiabá terá que melhorar pois tem a Copa do Brasil pela frente (dia 8) e que os jogadores têm que fazer sacrifícios e se empenharem mais.

O técnico, entretanto, aposta no crescimento da equipe ao longo da primeira fase. O Cuiabá volta a campo na próxima quarta-feira(01), pela segunda rodada do Mato-grossense contra o União, a partir das 20h10, no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis. O time da casa estreia na competição.

No dia 8, o Cuiabá faz sua estreia na Copa do Brasil, seguindo para Porto Velho, onde encara o Rondoniense, em partida marcada para às 19h30 no estádio Aluízio Ferreira (Porto Velho).

(Com Informações e foto de Pedro Lima/Assessoria do Cuiabá):

 

Fonte: Pedro Lima, Assessoria do Cuiabá