JORGE,MACIEL/Fotos: Pedro Lima /Ass. Cuiabá

Num jogo equilibrado, abrindo a temporada 2017, o Cuiabá saiu na frente na sua estreia, batendo o Dom Bosco por 1 a 0, gol de Dakson, em partida isolada realizada neste sábado, embora o resultado mais justo fosse o empate. O Dom Bosco dominou todo o segundo tempo, perdeu três chances de gols e ainda perdeu um pênalti aos 42 minutos do segunda tempo.

Com maior entrosamento e preparo físico visivelmente superior, o Cuiabá foi o dono da primeira etapa e marcou logo aos 13 minutos, através de uma falta batida com perfeição pelo meia Dakson. A  precipitação fez com que o Cuiabá perdesse muitas chances de ampliar o marcador.

Jogadores festejam o único gol da partida

Na base do toque, muita movimentação, mas sem finalizações, o jogo foi para o intervalo com Cuiabá vencendo de 1 a 0.

Segundo tempo

O Dom Bosco voltou para a segunda etapa disposto a virar o jogo. Não conseguiu, mas  imprimiu uma forte pressão, fazendo o Cuiabá recuar demasiadamente, tanto que por duas oportunidades Jhon Lennon cabeceou para fora e Felipe fuzilou de fora da área com perigo e, numa outra chance de empate, Igor, chutou para fora com  Henal batido.

O técnico Roberto Fonseca tirou Robinho, que cansou, e colocou Fernando, dando um pouco mais de cadência ao jogo. O Cuiabá continuava tocando bola, enquanto o Dom Bosco avançava, mas desorganizado, não tinha sucesso nas jogadas.

Com esse resultado, o Cuiabá sai na frente na temporada e conquista seus primeiros três pontos. O técnico Roberto Fonseca disse que o campo molhado – caiu chuva forte antes da partida – e a ansiedade comprometeram melhor desempenho do time.

O jogo foi com cada tempo com um domínio: o Cuiabá foi o senhor da bola no início

Próximos jogos

Na segunda rodada, o Dom Bosco pega o Operário FC (Ltda) na próxima quarta-feira 1, já o Cuiabá vai a Rondonópolis encarar o União, também na próxima quarta-feira.

Dom Bosco 0 x 1 Cuiabá

Local: Arena Pantanal, Cuiabá

Gol – Dakson, 13 1T (Cuiabá)

Dom Bosco – Ciro, Jhon Lennon, Jean, Marcio e Felipe; Jefferson, Heltinho, Felipe (Igor Aguiar) e Felipe; Jhonatan Dalvan e Bogezinho

Cuiabá – Henai, Jean, Heverton, Douglas Mendes e Leo Gharib; Carlão, Leo Salino e Dakson; Juba, Robinho (Fernando) e Clebson

Fonte: Redação